MANIFESTO PELO INCENTIVO À CULTURA EM ALAGOAS

ALAGOAS: TERRA SEM LEI

Único estado do Nordeste que não possui nenhuma lei ou mecanismos de incentivo à cultura

A EXPRESSÃO AUDIOVISUAL ALAGOANA É UMA MANIFESTAÇÃO DE NOSSAS IDENTIDADES. É espaço de reflexão do nosso passado para entender o presente e imaginar-projetar futuros.

A despeito de todas as dificuldades, nossa produção tem avançado nos últimos anos. Porém, esse avanço deve-se muito ao esforço pessoal de cineastas na tentativa de produzir filmes sem recursos e até mesmo formação técnica necessária para os profissionais do cinema.

Alagoas é o único estado do Nordeste brasileiro que não possui lei ou mecanismos de incentivo à cultura em nenhuma das suas expressões artísticas e esferas governamentais. Na mesma situação está Maceió em relação às demais capitais da região, que através de editais e fundos de cultura municipais e estaduais deram grande impulso e projeção nacional e internacional à produção audiovisual de estados como Pernambuco, Ceará e Paraíba. Nossos vizinhos, os Pernambucanos, produzem mais de 10 longas-metragens e 20 curtas por ano através de editais de fomento do governo estadual.

Temos que evoluir da política de balcão e pires na mão para a construção de uma real política pública que garanta de forma justa os recursos financeiros suficientes para a produção de cultura com esmero técnico e qualidade. Os cineastas de Alagoas querem fazer cinema sem terem que sair de sua terra pela falta de cursos de formação e recursos para concretizar sua capacidade criativa.

Os prêmios conquistados, os editais nacionais ganhos e a boa acolhida de produções alagoanas em outras partes do Brasil deixam claro que o que nos falta não é talento. Falta mesmo é fomento, apoio e incentivo para que a produção cultural de Alagoas cresça em quantidade e qualidade. Temos quase tudo para chegar lá, mas dependemos da consciência dos governantes, gestores e legisladores da importância do audiovisual e demais expressões artísticas para a construção e afirmação da cultura e identidade alagoana no cenário nacional.

O Cineclube Ideário convida a sociedade civil e artistas alagoanos e brasileiros de todos os segmentos artísticos para unirem forças na Campanha por um mecanismo de Incentivo à Cultura no Estado de Alagoas. Assine, repasse este email e mande uma cópia para cineideario@gmail.com OU inclua sua assinatura deixando um comentário em http://acendaumavela.blogspot.com/2010/03/manifesto-pelo-incentivo-cultura-em.html

Assinam este Manifesto:

Instituições:


1. Ideário Comunicação e Cultura – Maceió, AL

2. Tela Tudo Clube de Cinema – Maceió, AL
3. Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas de Alagoas – ABDeC-AL
4. Entremeios Culturais – Maceió, AL
5. Escola de Música Capitão Jonas Duarte – AL
6. Associação Candeeiro Aceso – Arapiraca, AL
7. Iapôi Cineclube – Recife, PE
8. Cineclube Natal – Natal, RN
9. Secretaria de Cultura de União dos Palmares – AL
10. Difusão Cineclube – Atibaia, SP
11. Labirinto Cinema Clube – Parauapebas – PA
12. Associação de Cineclubes do Rio de Janeiro – ASCINE- RJ
13. Associação Artística Saudáveis Subversivos – Maceió, AL
14. Cineclube Ieda Beck – SC
15. Cinemateca Catarinense – SC
16. Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas de Santa Catarina – ABD – SC
17. Associação Samaúma Cinema e Vídeo – ASCV – Acre
18. Cineclube Abelin Nas – Silveira Martins/RS
19. Cineclube Osvaldo de Oliveira – Itu/SP
20. Associação Brasileira de Documentaristas – seção Paraíba / ABD-PB
21. Tintin Cineclube – João Pessoa-PB
22. Cineclube Irmão Sol, Irmã Lua – Ijuí, RS
23. Cine Gastrô – Fortaleza, CE
24. Cineclube Central – Vila Velha, ES
25. Festival de Cinema de Triunfo – PE
26. Cineclube Amoeda Digital – PE
27. Federação Pernambucana de Cineclubes – FEPEC
28. Cine Chinelo NoPE – PE
29. Udson Pinheiro – Multiplicador do Teatro do Oprimido – AL
30. Cineclube Cinema nos Bairros – Lins, SP
31. Festival de Atibaia Internacional do Audiovisual
32. CREC – Centro RioClarense de Estudos Cinematográficos – Rio Claro, SP
33. CNC – Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros
34. FICC – Federação Internacional de Cineclubes

Pessoas Físicas:

1. Lis Paim – Cineclubista/videomaker – AL
2. Hermano Figueiredo – Cineasta – AL
3. Nataska Conrado – Cineclubista/Fotógrafa- AL
4. Maria Claúdia da Silva – Produtora – AL
5. Edisangela Santos – Relações Públicas – AL
6. Adso Mendes – estudante de Biologia – AL
7. Amanda Nascimento – Jornalista/Fotógrafa – AL
8. Larissa Lisboa – Jornalista/videomaker – AL
9. Luiz Eduardo Duarte Ribeiro – Arquiteto – AL
10. Flora Paim – Cineclubista/estudante de Arquitetura – AL
11. Erivaldo Dias – Câmera – AL
12. Beto Silva – Câmera – AL
13. Tadeu Ramos – Câmera – AL
14. Giovane Santos Silva – Designer Gráfico/Músico – AL
15. Marcos Sampaio – Cine SESI-AL
16. Regina Célia Barbosa – jornalista/produtora – AL
17. Thalita Chargel – jornalista – AL
18. Marcelo Amorim – Jornalista – AL
19. Marcelino Freitas Neto – Assessor de Comunicação (CRP-15)/Jornalista & Relações Públicas – AL
20. Caio Dornelas – cineclubista – PE
21. Nelson Marques – Biólogo e cineclubista – RN
22. Elson Davi – Secretário de Cultura de União dos Palmares -AL
23. Brisa Paim – escritora – AL
24. João Batista Pimentel Neto – Jornalista e gestor cultural – SP
25. Nilton Resende – Ator e escritor -AL
26. Alice Mesquita Jardim – Videomaker/Arquiteta – AL
27. Ivan Oliveira – cineclubista – PA
28. Flávio Machado – cineclubista – RJ
29. Derick Nabero Borba – VideoMaker – AL
30. Luciana Marinho – Cientista Social – AL
31. Hugo Taques – Historiador/Fotógrafo – AL
32. Adriana Calumby – atriz – AL
33. Allan Nogueira – Músico, Jornalista, Estudante – AL
34. Aldo César de Oliveira Holanda – Músico, Estudante – AL
35. Glauber Xavier – Arte-educador e agitador cultural – AL
36. Marianna Cordeiro Bernardes – Cineclubista / comunicologa / artista – PE/AL/RJ
37. Carla Francine Ferreira – Produtora – PE
38. Raphael Mathias Medeiros – comunicador social – Itu/SP
39. Sofia Mafalda – Produtora de cinema – SC
40. Juliana Machado – Presidente da ASCV – AC
41. Gilvan Dockhorn – cineclubista – RS
42. Paulo Rodrigues – cineclubista – SP
43. Liuba de Medeiros – produtora / cineclubista – PB
44. Christian Pineda Zanella – Advogado – OAB/RS
45. Felipe Macedo – cineclubista e pesquisador – Montreal, Quebec
46. Carolinne Vieira – cineclubista – CE
47. Bruno Cabús – cineclubista – Vila Velha, ES
48. Luiz Antonio de Souza Carvalho Junior – cineclubista – Gê Carvalho
49. João Vitor Teixeira Castro Corrêa – Estudante de Jornalismo – AL
50. Thiago Paulino da Silva – jornalista DRT/PE -3122 – Aracaju –SE
51. Alessandro Morais – cineclubista / assessor sindical SINDPREV – AL
52. Pablo Peixoto de Lima – Biólogo/Ilustrador – AL
53. Aurea da Silva Conrado Veiga – contadora – AL
54. José Carlos Duarte Ribeiro – Médico – BA
55. Lucy Oliveira – Jornalista e atriz – AL
56. Arilene de castro – Videasta –AL
57. Udson Pinheiro – Multiplicador do Teatro do Oprimido – AL
58. Caroline Damasceno – Advogada – AL
59. Elaine Rapôso – Professora – AL
60. Olga Mascarenhas – aposentada – BA
61. José Luiz Fernandes – cineclubista – SP
62. Fábio Rogério Rezende de Jesus – Realizador de cinema – Aracaju, SE
63. Keyler da Silva Simões – Jornalista e Produtor Cultural – Maceió-AL
64. Lucy Muritiba – Administradora e Musicista – Maceió-AL
65. Calebe Augusto Pimentel – cineclubista e produtor cultural – Atibaia, SP
66. Antonio Claudino de Jesus – médico e presidente do CNC – Vila Velha, SP
67. Saskia Sá – cineclubista, documentarista e produtora cultural – Vitória, ES

MANIFESTE APOIO AO MANIFESTO SOLICITANDO A INCLUSÃO DA ASSINATURA PELO cineideario@gmail.com

OU DEIXANDO UM COMENTÁRIO COM OS DADOS EM

http://acendaumavela.blogspot.com/2010/03/manifesto-pelo-incentivo-cultura-em.html

Uma ideia sobre “MANIFESTO PELO INCENTIVO À CULTURA EM ALAGOAS”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*