I eiac / encontro iberoamericano de cineclubes

MEMÓRIA@

Realizado pelo Conselho nacional de Cineclubes e organizado pelo CENTRO RIOCLARENSE DE ESTUDOS CINEMATOGRÁFICOS em Rio Claro, SP entre os dias 27 de novembro e 02 de dezembro de 2004, o I Encontro Iberoamericano de Cineclubes reuniu delegações de seis países e representou um significativo avanço na articulação do cineclubismo na América Latina. O evento contou ainda com o apoio da FICC – Federação Internacional de Cineclubes.

A Federação Internacional de Cineclubes e o Cineclubismo Latino-Americano

A Federação Internacional de Cineclubes (FICC) é uma organização internacional representativa dos cineclubes, membro do Comitê Consultivo da UNESCO, que foi fundada em 1947 durante o Festival de Cannes, França, e que hoje agrupa mais de 30 países, com cerca de 50 Federações Nacionais. Estas associações de cultura cinematográfica, estão unidas por seu compromisso com a difusão do audiovisual em nível popular, extensivo ao processo educacional, contra o elitismo e os privilégios no campo da educação e da função cultural do cinema.

A FICC outorga o Troféu Dom Quixote, premiando as melhores películas apresentadas em festivais internacionais, nos quais indica um corpo de jurados. Isto ocorre em vários festivais, entre os quais se destacam o de Berlim, Locano, Karlony Vary, Friburg e Cartago-Túnis.

Assim como os títulos latino-americanos premiados nesses festivais aumentaram, nos últimos cinco anos, também, a participação de países não europeus nas reuniões da FICC cresceu consideravelmente. Hoje já são cinco os países latino-americanos representados e convocados anualmente para debater e redefinir coletivamente os rumos do movimento cineclubista internacional.

O Brasil já ocupou lugar de destaque nesta entidade internacional tendo sido, por mais de uma vez, sede do Secretariado Latino-americano que compõe o seu Comitê Executivo, tendo se ausentado de sua estrutura durante toda a década de 90.

A rearticulação do movimento cineclubista brasileiro foi recebida na última plenária da FICC com entusiasmo, principalmente pelo fato de que o movimento internacional sempre viu o Brasil como estratégico para a liderança da organização de toda a América Latina, pelo que o país representa e por abrigar um dos mais vigorosos e historicamente combativos movimentos nacionais em todo o mundo.

Assim, a iniciativa deste 1° Encontro Ibero-Americano surgiu durante a última Reunião Plenária da FICC, durante o seu 6° Festival Internacional, com a colaboração da Federação Italiana de Cineclubes, ocorrido em junho de 2004, por iniciativa do Comitê Executivo, dos delegados latino-americanos e com apoio dos representantes da Itália, Espanha e Portugal, que imprimiram ao encontro proposto o caráter Ibero-Americano.

observatorio-copy-112-300x6111

I EIAC – Encontro Iberoamericano de Cineclubes (Rio Claro, São Paulo, Brasil)

tackB A FICC E A AMÉRICA LATINA

tackB CARTA DE RIO CLARO DOS CCs IBEROLATINOAMERICANOS

tackB CONVOCATÓRIA DO I ENCONTRO IBEROAMERICANO DE CINECLUBES

tackB DOCUMENTOS DO I ENCONTRO IBEROAMERICANO DE CINECLUBES

tackB EQUIPE DE PRODUÇÃO

tackB FOTOS DO ENCONTRO

tackB HISTÓRICO DO ENCONTRO

tackB METODOLOGIA DO ENCONTRO

tackB PARTICIPANTES DO ENCONTRO

tackB PROGRAMAÇÃO DO I ENCONTRO IBEROAMERICANO DE CINECLUBES

tackB REPERCUSSÃO DO ENCONTRO

Nenhum comentário ainda.
*