circuito cineclubista no maranhão

Circuito Cineclubista no Maranhão

Secretário de Estado garante apoio ao projeto

Por: João Baptista Pimentel Neto em: Qua 04 de Jul, 2007 05:44 PDT (1115 Leituras)

Editar Imprimir Remover
Articulada durante a realização do Encontro Regional de Cineclubes do Nordeste, realizado dentro da programação oficial do 30º Festival Guarnicê de Cinema e Vídeo, a implantação de um Circuito Permanente de Exibição no Maranhão, contará com total apoio da Secretaria de Estado da Cultura do Maranhão.

Governo do Estado dará apoio logístico e financeiro à iniciativa

O apoio do Governo do Estado à iniciativa dos cineclubistas maranhenses foi confirmado pelo Secretário de Estado da Cultura do Maranhão, Joãozinho Ribeiro em reunião realizada na manhã da última segunda-feira (19), que contou com a participação do Secretário Geral do CNC, João Baptista Pimentel Neto, da Secretária Executiva da Coalizão Brasileira Pela Diversidade Cultural, Ana Arruda e de representantes do Cineclube Praia Grande e da ONG Formação, ambas com sede em São Luís.

Segundo Pimentel, o apoio oferecido pela Secretária garantirá inicialmente a implantação de doze (12) pontos digitais de exibição no Estado do Maranhão e será coordenada pelo Cineclube Praia Grande em parceria com a ONG Formação e a UFMA – Universidade Federal do Maranhão, através da equipe responsável pela coordenação do Festival Guarnicê de Cinema e Vídeo. A implantação do circuito contará ainda com o apoio e acompanhamento do CNC – Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros e da Programadora Brasil, cujo coordenador geral, Frederico Cardoso também participou do Encontro Regional de Cineclubes do Nordeste.

Durante a reunião foi também solicitado ao Secretário apoio para o estabelecimento de políticas públicas de apoio e fortalecimento as atividades desenvolvidas pelos demais setores relacionados à cadeia produtiva do audiovisual no Estado, em especial, as ações relacionadas ao setor de formação e produção audiovisual. – “Além das carências e demandas por políticas públicas relacionadas à exibição, detectamos a existência de significativas demandas relacionadas aos setores de formação e produção audiovisual. Estas demandas, caso venham a ser atendidas, em nosso entendimento, deverão resultar na consolidação de um processo virtuoso de fortalecimento de toda a cadeia produtiva do setor audiovisual no Estado e resultarão na criação de muitas oportunidades de geração emprego e renda, principalmente para os jovens maranhenses”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

FILMES SÃO FEITOS PARA SEREM VISTOS!

Pular para a barra de ferramentas