Caríssim@s vizinh@s de Brasília,

Recebi hoje por email a convite para o Ato em defesa do Patrimônio Cultural de Brasília, que será realizado no dia 11 de setembro de 2010, (sábado), às 17 horas, no Cine Brasília.

A mensagem informa que na a ocasião, será distribuido um Manifesto denunciando a situção de abandono dos espaços culturais do DF.

Ao ler a mensagem fiquei pensando nos tantos espaços que estão abandonados:

O Museu de Arte de Brasília (MAB), que fica ao lado da Concha Acústica do Lago Paranoá. Estes dois espaços foram “esquecidos” numa área de grande valor imobiliário da cidade, o Setor de Hotétis e Turismo Norte (SHTN).  Setor este que vem passando por uma grande obra de duplicação da pista para viabilizar o acesso a empreendimentos como o  Ilhas do Lago e o Life Resort.

Tem também o Planetário de Brasília, que possui uma  cúpula de 12,5 m de diâmetro e 140 lugares. Como é que pode, uma cidade como Brasília, que tem um céu espetacular, não ter um planetário funcionando?!?

Tem também o Museu Vivo da Memória Candanga e a Casa do Cantador em Ceilândia.  Bom, a lista não é pequena e só os espaços que consegui lembrar aqui já dão bons motivos para comparecer no Ato.