Como adicionar o conceito de sustentabilidade ao faça você mesmo

Este artigo foi publicado originalmente no blog Como fazer você mesmo, cujo nome já trás as pistas do que trata, quando dá dicas para adicionar a este grande prazer de fazer as coisas – de toda ordem e tipo – por si mesmo, o conceito de sustentabilidade que, embora pareça ter saído de moda, continua na ordem do dia como premência e/ou necessidade vital como sempre.

        “Como fazer para adicionar o conceito de sustentabilidade ao faça você mesmo

… em sua casa

A ideia deste blog é estimular o hábito saudável, prazeroso e econômico até, do fazer você mesmo, aliado ao inegável efeito – como poderíamos dizer? – ecológico/ambiental e sustentável, com a economia de materiais, a reutilização de produtos e matérias-primas de todo tipo.

Em função disso, alguns procedimentos simples e fáceis em casa no nosso cotidiano, estão dentro desse espírito e só adicionam à ideia de preservação e cuidados.

Consertar os eletroeletrônicos e outros aparelhos, bem como ficar ligado em sua manutenção constante, o que otimiza o seu uso e funcionamento bem como retarda ou evita a necessidade de substituição por outro.

Fique ligado, também, na manutenção das tomadas que não funcionam ou que apresentem problemas, como faíscas. Isso vale, também, para bocais, tanto aqueles da iluminação convencional como em abajures e/ou quebra-luzes.

Outro item que “dá pau” com certa frequência são as torneiras. Quando começam a pingar insistentemente, logo, substitua a “bucha” no princípio.  Aproveite e instale redutor de vazão nas torneiras, bicos e as tradicionais “peneirinhas” ou telas, o que facilita o uso – evita o excesso de pressão que espalha a água – além de reduzir o consumo enquanto mantém a mesmo efeito de vazão, até parece aumentar, sem comprometer o trabalho.

Continue lendo: aqui

*