Archive for novembro, 2011

Derrotas

quarta-feira, novembro 23rd, 2011
Sem prazer a vida não tem graça
O de dentro cutuca o de fora que cutuca o de dentro
A arte independe da vida que independe da arte
Acho que cheguei na beira do poço
Pro que não tem mercado a opção é zerar o custo
É chato viver sozinho
Quem dorme de dia não dorme de noite
O nada não existe
Não faz mal saber demais
Urinar é melhor que urinar-se
Aonde estamos a quantas andamos
Com muito ou com pouco
É difícil encontrar o fácil
Não me deu certeza nem ao menos esperança
Mais vale um alho que um repolho
As inleição vem aí tudo devia ser municipal
A destreza vale mais que o metal
Corre pra dentro que o mal tá lá fora
Esquecer não diminui a perda
O bordão da menina era eu não tenho tempo a perder
Ninguém deve cobrar mais do que merece
Descaroçar o caroço é o que  todo mundo quer
Se você não vier eu posso fingir que estou almoçando você
Eu não sou quem você pensa que eu sou
Mulher gosta é de confusão
Isso é que é a maldade feminina?
Leva tempo mas eu me livro dela
Sou um pobre satélite perdido na galáxia
Se eu disser que ela me planta há mais de uma semana ninguém vai acreditar
Eu não sei se ela pisca pra todo o mundo ou se é só pra mim
A cada dia uma epifania
Mulher acende e apaga
Eu sou a favor de tudo e sou contra o nada
Gosto de menina que não gosta de homem
Mulher adora dar pista
Quando  você não vier pelo menos  manda tua boca
Não gosto de mulher difícil
Mais faz quem não se esconde
Se eu contar ninguém vai acreditar se eu não contar ninguém vai saber
Vitoriosa a revolução involui
A vitória não é só dinheiro no banco
O poder é rude
Sempre contei com a compreensão dos meus pais
O melhor era acordá-la pra trepar
E eu nem gosto tanto assim de  dinheiro
O cinema e a arte não mudam uma palha na realidade somos apenas o seu reflexo
Minha é força  de expressão
Vivo preocupado com o próximo … dia
O problema tá no nome chamasse boaconha ninguém implicaria
O mal da vida em sociedade é que ela é crescentemente dispersiva
Educadores não podem reprimir educandos
O que isso quer  dizer?
O terço que falta tu completa
Eu canso e não me canso de ver o mulherio de passagem
Não sou carente sou querente
Até quero mas não vou brigar por isso
Nem pretensioso nem presunçoso esperançoso
É essa a tal de democracia?
A gata soube levar

Machadianas

terça-feira, novembro 8th, 2011

Aos que se apropriam comercialmente da inovação tecnológica é preciso lembrar-lhes que ela é patrimônio da humanidade

A cultura brasileira é tudo aquilo que é  feito por um(a) brasileira(o) não importa onde não importa como

O velho é lúdico não só porque é velho mas porque é lúdico

Os velhos assediam as meninas

Banalidades valem mais que  solenidades

Não estou nem lá nem cá

É preciso buscar a sinceridade sempre que possível

Nada é verdade até que se prove o contrário

Sentimentos não sufocam o que sufoca é sua ausência

O ataque não foi fulminante mas queria

Se quiserem saber pode ser que  sim

Se disseres não posso ouvir que sim

Triste a vida não ter ninguém para lamber meus pés

A vida é inacreditável

A moça não precisa de mim e  eu também não preciso delas

Você é você mesma ou é beirada do teu namorado

A vida é generosa derrota mas não escracha

Se insistirem em criminalizar tudo que é bagulho a briga vai ficar impossível alivia!

O emocional sinto muito é muito frágil

A música é manhosa o cinema é duro

Realidade é tudo que não é você

Pra ser como tu quer vais ter que cuidar da lixeira à cozinha

Se alguém me perguntar eu digo o que sou

Não olha pro lado deixa a menina entrar no quadro

Vejo uma menina que passa a mão no teclado como eu passaria nela

Não morro sem não ver gringo nenhum no pedaço

Eu queria tanto ver você na minha casa

Corre que  a porta fecha

Sou doido pra namorar você

Isso me lembra o que eu perdi

Dou o que me pediram pra não dar o que não pediram

Eu não sabia que você fugia

As moças precisam ser mais gentis

Gosto das que não se assustam

Gosto  do teu humor rascante além de ser uma gracinha é  claro

Mastiguei o camarão com a casca o coco não só a polpa e você?

Quem  sabe o que se passa no íntimo de cada um

A vida é tentar resolver-se enquanto vivo

Inverta a equação menos é mais

Ninguém pode dizer que eu não tentei

E não é nem Copa nem Olimpíada nem Governo é Nóis!

Posso dizer que te amo ainda que não seja verdade

Nunca tantos fizeram tanto com  tão pouco

Capitalistas de todo o mundo desuni-vos

A vida é uma centelha

Cinzas

quinta-feira, novembro 3rd, 2011

Um gole e uma baforada me tiram do  caminho

Cumpra o que prometeu

Hoje mesmo namorei as meninas elas disfarçavam

Não é a geral cada um tem que assumir  a sua

Onde você está?

A casa é a morada do repouso

O que preferes, carinho ou a brutalidade carnal?

O que você quiser eu também quero

O melhor presente que você puder me dar não existe sem você

Não se deixa um homem da minha idade com  fome

Escrever não é concordar

O que nas ruas abunda não sossega o periquito

É preciso descontenciar

Quem se impõe não se põe

Como será que a vida é?

Se eu dissesse o  que me passa na cabeça até eu ficaria arrepiado

Ela não veio

Rola rola rola bola

Quando dois fracos se encontram

A parte que  se vai não prejudica a que ficou

Homens procuram mulheres procuram homens

Sem babaquice a coisa é a coisa

Quem não quiser que passe adiante

Algum dia gostaria que você  ficasse à minha  disposição

Nóis num quer nem saber elas que se garantam

Elas só pensam naquilo

Sinergia sinergia o barato é a sinergia

Não pode é não gostar da coisa

Ai meu bem assim já tá bom

Eu precisava ser visitado por uma ninfa

Você ainda não pode me namorar um pouquinho?

A metamorfose nem sempre se completa

Preciso de uma princesa