Derrotas

Sem prazer a vida não tem graça
O de dentro cutuca o de fora que cutuca o de dentro
A arte independe da vida que independe da arte
Acho que cheguei na beira do poço
Pro que não tem mercado a opção é zerar o custo
É chato viver sozinho
Quem dorme de dia não dorme de noite
O nada não existe
Não faz mal saber demais
Urinar é melhor que urinar-se
Aonde estamos a quantas andamos
Com muito ou com pouco
É difícil encontrar o fácil
Não me deu certeza nem ao menos esperança
Mais vale um alho que um repolho
As inleição vem aí tudo devia ser municipal
A destreza vale mais que o metal
Corre pra dentro que o mal tá lá fora
Esquecer não diminui a perda
O bordão da menina era eu não tenho tempo a perder
Ninguém deve cobrar mais do que merece
Descaroçar o caroço é o que  todo mundo quer
Se você não vier eu posso fingir que estou almoçando você
Eu não sou quem você pensa que eu sou
Mulher gosta é de confusão
Isso é que é a maldade feminina?
Leva tempo mas eu me livro dela
Sou um pobre satélite perdido na galáxia
Se eu disser que ela me planta há mais de uma semana ninguém vai acreditar
Eu não sei se ela pisca pra todo o mundo ou se é só pra mim
A cada dia uma epifania
Mulher acende e apaga
Eu sou a favor de tudo e sou contra o nada
Gosto de menina que não gosta de homem
Mulher adora dar pista
Quando  você não vier pelo menos  manda tua boca
Não gosto de mulher difícil
Mais faz quem não se esconde
Se eu contar ninguém vai acreditar se eu não contar ninguém vai saber
Vitoriosa a revolução involui
A vitória não é só dinheiro no banco
O poder é rude
Sempre contei com a compreensão dos meus pais
O melhor era acordá-la pra trepar
E eu nem gosto tanto assim de  dinheiro
O cinema e a arte não mudam uma palha na realidade somos apenas o seu reflexo
Minha é força  de expressão
Vivo preocupado com o próximo … dia
O problema tá no nome chamasse boaconha ninguém implicaria
O mal da vida em sociedade é que ela é crescentemente dispersiva
Educadores não podem reprimir educandos
O que isso quer  dizer?
O terço que falta tu completa
Eu canso e não me canso de ver o mulherio de passagem
Não sou carente sou querente
Até quero mas não vou brigar por isso
Nem pretensioso nem presunçoso esperançoso
É essa a tal de democracia?
A gata soube levar

Comments are closed.