Archive for março, 2014

Esbulhos

quarta-feira, março 26th, 2014

Cada vez mais tenho pânico de muita gente
Ao deslocar-me de cenário em cenário mais meu personagem se enriquece
E fico avaro cantando no canto as minhas vitórias
Por que me ufano de ser eu mesmo
Ver limpando janelas no alto dos prédios me deixa nervoso
Não gosto de alturas e nem de mar alto
Tirar coelhos da cartola faz com que eles se adiantem
É preciso conviver com muitos gênios
Gerenciar cinco salas de cinema lojas e lanches não é cultura nem arte é puro negócio
Comércio aos comerciantes a nós cultura e arte
É melhor lavar do que não lavar
Estar é melhor que não estar
Eu tô a fim dela e ela a fim de mim será que vamos nos encontrar
Não é possível resolver todos os problemas de uma vez mas é possível começar
Considero-me equidistante de todo mundo
Quando me emociono vou pra casa
Todos tem igualmente direito à terra em que nasceram e só
Os índios são os índios da América os negros são os índios da Africa os brancos são os índios da Europa os amarelos são os índios da Ásia
A questão não é de raça é de geografia
Os animais disputam-se as plantas disputam-se tudo se disputa
Se eu não fizer tudo pra você sua mãe não faz nada pra mim
Parece as duas folhas de uma porta
Só não vi o que não existiu
Só não vejo o que não existe
Velho mas gato
O imperialismo quer monopolizar o mercado
Renasceremos de alguma outra imprevista forma
E assim mantem-se a elitização da imagem no país
E aí tem que ser que nem os gringos é só bestialidade
O carinho que eu tenho pelos mais novos é porque eu sou da turma dos mais velhos
É claro que uma menina atiça-me mais que os outros
Vejo delírios vejo perigos
Depois do que se investiu agora tem que ser
Tem que caprichar é no custo x benefício
Se a Petrobras for dona de tudo que patrocina ela vai virar a Tudobras
É fácil falar difícil é fazer
Fazer de qualquer jeito é melhor não fazer
Cresci aprendendo com os mais velhos
Hoje eu sou mais velho
Quem quiser crescer vai aprender comigo.

Notícias

quarta-feira, março 19th, 2014

Nenhuma morte abona causa alguma
O Brasil se internacionaliza antes de se nacionalizar
Vamos defender um Brasil com cara de Brasil
A bundona das negonas ou a bundinha das branquinhas
Aqui a comédia é mais tragicomédia na estética da hiena
Ontem foi ontem
Hoje é hoje
Tudo soma menos o que subtrai
Não sei se a chuva vem
Mulheres gostam de homem com bunda porque na hora h a bunda pesa
O difícil é segurar a ganância da turma da privada
É preciso cuidar das necessidades de todos e não dos interesses de alguns
Eu me senti como se fosse pedra como se fosse água
O melhor da vida nada custa
Sinto uma atração quase irresistível pelo vazio
Todos nós devemos ter esperanças que sejam compensadoras
Não me espremo pra de mim tirar o sumo não sou limão ela tira
Me exprimo para que a coisa aflore
Infelizmente a minha atividade pode me fazer mal
Não se deve ser herói
O mais precioso bem é a vida
Precisava estudar tanto pra isso
Precisava adiar-se e adiando-se ainda?
O diabo é ter que se fazer junto com o mundo
O mestre não tem discípulos
Se a égua passar selada eu a monto
O sentido das palavras das palavras o sentido
Serei capaz de não errar?
Não me agrada lidar com os outros com algumas outras sim
Sois inatingível mistério
Não tenho tempo para jogos
As mulheres como todo mundo tem uma enorme necessidade de afirmação
Se escrevo o que penso o que penso incorpora-se
Neste dia não me faltará palavras
Tudo o que faço é pensar
Quem sou eu para julgar-me
Pílulas devem ser sorvidas uma a uma
Às vezes para às vezes dá um arranco às vezes para
Ah se eu tivesse tudo que eu já tenho!
O meu relógio as horas marca

Cine-Museu de Niterói

quarta-feira, março 12th, 2014

Cine-Museu de Niterói pode ser um nome fantasia para o muito extenso atual e deve acolher todas as demandas do audiovisual da cidade
E nos dias de hoje um museu de cinema só pode ser virtual. Dois computadores dão conta do recado mantendo página que reúna as informações disponíveis na rede e procure também disponibilizar as informações sobre o audiovisual em Niterói.
Pode haver uma seção de cartazes originais do cinema brasileiro.
Não se deve fazer nenhuma instalação permanente nos maravilhosos vãos livres circulares do monumento de Niemeyer ao cinema único em todo o mundo.
Proponho uma ocupação paulatina, sem açodamento, com estruturas metálicas ou containeres e demais soluções modernas seccionando sem alterá-los e duplicando os espaços devido a seu incrível pé direito que como se sabe gera problemas de acústica entre outros.
Não acho que se deva esbanjar com projetos faraônicos de iluminação sobretudo na área do cilindro que pode receber uma iluminação mais inteligente e criativa.
Se possível sugiro placas de energia solar nas janelas que permitam um uso mais razoável de energia inevitável pela extrema necessidade de refrigeração e outros cuidados
Como no projeto original dos Cieps sugiro a moradia de famílias da Guarda Municipal no setor administrativo que dêem conta de um ambiente de monitoramento e segurança cordial.
Acho que se pode garantir gratuidade absoluta na área da cultura e se oferecer para consumo dos usuários apenas água, água de coco e pipoca nada mais.
Pode-se plantar um renque de coqueiros nos limites com a UFF.
Acho que se deva fazer um convênio específico com a UFF para cooperação técnica e acadêmica como por exemplo o anel de fibra ótica entre outras possibilidades.
Abrigando-se o NPD -Núcleo de Produção Digital, em convênio com o CTAv no terceiro andar tem-se contemplada a missão de formação técnica e estudos audiovisuais regulares.
O auditório no térreo pode ser a primeira coisa a se efetivar com uma proposta simples como um cineclube evoluindo mais tarde para sessões matinais infanto-juvenis junto com as escolas da cidade.
Não acho que precisamos de mais biblioteca tem a da UFF a 100 metros com preciosidades como o Centro de Estudos Fluminenses.
Não se deve multiplicar, replicar ou reproduzir recursos culturais já existentes o que se deve é parceirizá-los.
Pode-se eventualmente distribuir exemplares de máquinas e apetrechos pela área em nichos de acrílico como curiosidades.
Ainda pelo convênio com a UFF pode-se buscar uma parceria com a Universidade Positivo que nos faça um pólo avançado de ponta em tecnologia da informática bem como acessar recursos da Faperj, Capes e CNPq entre outros.
Proponho que deva funcionar no limite entre as 10 horas da manhã e as 10 horas da noite. Quanto à área comercial no paralelepípedo acho que deva ser integral e incondicionalmente licitada. Há inúmeras propostas de como fazer a coisa o mais importante é começar acredito que em pouco tempo se consiga acertar a dinâmica do processo que é o que conta e o que indica rumos.

Sergio Santeiro (2/3/2014).