Átomos

O cinema se instaura e vigora como o culto da violência cadê o humano?
Não podemos servir pra projetar o mal temos que projetar o bem
O problema de estar no geral é que todo mundo é igual
Os bancos são bancados pelo Tesouro Nacional
O que é a vida senão um rolar de dívidas
Se há alguém que não saiba eu sempre sou feliz
Não faça perguntas quando eu não tenho respostas
Confesso a minha inaptidão para o fracasso
Quero ser rei na minha casa o mundo que se dane
Quando perguntares direi que não sei
A menina é esperta
Elas criam caso até no aceite
Ninguém tem como saber o futuro pode-se sonhá-lo
Nem todas eu quero nem todas me querem
Não quero estar onde não estou
Podes fazer todos os teus jogos em público porque em casa vais ter que fazê-los no privado
O problema é a solução
Cada companheiro que se vai parece que encorpa na gente
Tudo é fácil pra quem é fácil
Não se aplaude excessos
Isto tem moral
Quando me esquecer não vou mais lembrar
Uma imagem é simultânea a outra mesmo que não seja
O espaço diz mais que a palavra
Ela era a melhor almofada da praia
Pode ser que dê vontade pode ser que valha a pena
Se não pensar falo o que não quero
Quem não acha procura
A estória dos outros me importa menos que a minha
O negócio é malhar a freguesia
Só pergunte depois
Dou-te cinquentinha e tu me lambe o rabo
Se viajar na dos outros perdes a tua viagem
Se não tiveres tino vais arranjar encrenca
Como são medíocres as letras das músicas de outros paises que não o meu
Manda brasa no que pensas ninguém o fará por ti
Depois não reclama
Vou apertar mais um e vou acender agora
Tudo vale por uma boa causa
Pensei mas não digo
Eu não sou tão elegante assim eu sou um pouco mais
Que importância tem o que tem importância
Nenhuma

Comments are closed.