Eras

Ainda não agora
A cada dia retomar a vida
A frase precisa ajudar-nos ao que fazer
Quando as coisas estão ruins é preciso torcer pra que não piorem
Se eu quiser eu vou buscar
Afetos necessàriamente não se perdem
O pensamento é anàrquico
Temos que ir botando-lhe peias
A expiação nacional pode fazer muito mal
De tanto aceitar o inaceitàvel o inaceitàvel não nos aceita
Interêsses paroquiais prejudicam os gerais
Quantas vezes teremos de voltar aos pontos de partida
E não vamos conseguir domar o progresso?
Pensar um pensamento pròprio seu é difìcil
Mas é preciso
E o fazemos pelo menos o mìnimo ou não sobrevivemos
Temos que atravessar as ruas
O cinema é um divertimento não hà como não ser
A tela por ser magnética nos abre um intervalo em quem a assiste
A vida é então vivida nas imagens que vemos
Encasulado é mais tranquilo
Demorou melou
Errando a entrada não se encontra a saìda
Às vezes ficamos em beiradas opostas
O outro é o outro não é você
Sòzinhos nascemos sòzinhos morremos
Como lidar com o mundo enorme que nos cerca
A intolerancia a intransigência a insolvência
È preciso parar o golpe legislativo e judicial contra o Executivo
È uma revanche burguesa atentando contra o paìs
È um complô burguês que se serve da classe média como massa   de manobra
E pensar que se pode morrer à   tôa
Se não erradicar-se o golpismo o paìs ainda vai sofrer muito mais
Derrubar o governo por vìs motivos é tràgico
Antes que seja tarde é preciso destituir o Legislativo e o Judiciàrio
Legislativo e Judiciàrio unidos no golpe contra o Executivo para entregar de vêz o paìs ao imperialismo.
Que o 1o. de Maio não seja dos golpistas
O golpe burguês é anti-popular e anti-nacional
O que serà do paìs com a vitòria do golpe imperialista em marcha?
Por uma frente popular de libertação nacional

Comments are closed.