A danação da nação

Nomeà-los ao Supremo vitalìcios é magna distinção na carreira jurìdica.

Como podem comportar-se como moleques permitindo o mais estùpido e venal golpe contra o paìs.

Apegam-se a quê para permitir que o malfeitor denunciado nacional e até internacionalmente promova a bestial destruição do paìs acumpliciados com a escòria no legislativo que não gera e sequer vota as mensagens necessàrias não para o governo mas para o enfrentamento da crise mundial do capitalismo.

Acasalam-se com o imperialismo à espreita de mais ainda rapinar a pàtria mãe gentil.

E ficam todos os lacaios esmerando-se nas futricas acanalhados Judiciàrio e Legislativo desde a inacreditàvel AP 470.

È desde là é desde então que permitiu-se a escandalosa perseguição pela tevê das delações que até entre bandidos são condenàveis abjeções.

Assistimos o massacre promovido por um sò dos nossos magistrados supremos com a complacência dos seus demais pares a atropelar relatar julgar e condenar a seu arbitràrio talante escorado na absurda acusação igualmente televisiva do réu confesso contra o legitimo governo democraticamente eleito pela maioria dos eleitores nacionais.

E foi daì que a desgraça repete-se e desde a provìncia a todos dominou e agora não se pode esperar que as patéticas e sucessivas votações da escòria legislativa afastem a tragédia do fascismo que a todos os brasileiros abate.

E pelo visto tampouco pode-se esperar que a suprema toga honre a honraria que lhe foi conferida.

Chafurdem todos na lama lacaios do imperialismo e serão como em 64 amaldiçoados para todo o sempre.

Comments are closed.