Extras

Às vêzes eu penso assim às vêzes não
Não deixa de ser engraçado a Ancine usar uma imagem filmada por mim pra comemorar o belo premio em Cannes
Salve Brasil o gigante acordou
A discussão gera a confusão
A confusão é gol contra
Sem humor não se vai nem na esquina
Generosas consigo mesmas nem tanto com os outros
Quem não se contenta com o menos é porque quer o mais
O licencioso se licencia
Um encanto o recanto um belo canto
Mais cedo é melhor
E arde o ardiloso ardil
E segue impávido no congresso o golpe
Cultura é tudo que o humano transforma na natura
E não está à disposição de tiranos
Como na tortura tem o golpista ¨bonzinho¨ e tem o golpista ¨mauzinho¨
Um assopra o outro morde
Cuidando do seu roçado teremos a melhor colheita
A saída é pela frente com a vitória de Dilma no senado
Lava (mal) e a jato (lento) é tribunal de exceção imperialista para deslanchar o golpe
Até quando se vai manter o sequestro de estado
Delação sequestro e tortura não são admissíveis na justiça democrática
É esta conspiração servil que vai roubar 54 milhões de votos dos brasileiros
O pulmão atacado prejudica a saúde
O pulmão é a cidade
O pulmão é o país
O pulmão é o mundo
O pulmão somos nós
A minha crise não afeta ninguém
A crise do país afeta todo mundo
Quando eu for falar comigo tenho que ficar atento
Só não pode é violência
Nêste mundo de condenações rápidas e erradas recomenda-se algum cuidado
E ainda se fazem as maratonas
A cultura aperta e espalha
Mais vale levar na conversa do que nela ser levado
Um governo ilegitimo açula o desgoverno na sociedade
Não deixa quieto não deixa quedo qualquer ameaça é arremedo
A natureza reage contra a cultura
O futebol faz sucesso porque sublima a obsessão pelo gol
Esse monte de bandidos tratados a canja e Dirceu condenado sem provas!

Comments are closed.