Próximos

Quem não vive a própria quer viver a do alheio
A direita quer fabricar uma guerra
É preciso a todo custo evitar o confronto físico
A índole pacífica do povo não pode ser jogada no abismo
Não é possível que as sumidades jurídicas políticas e sociais do país permitam a marcha do golpe
Não se pode expôr o povo à repressão
Não sou íntimo da certeza
E tampouco da verdade
Achego-me mas não sou chegado
Não comece o fogo amigo que a parada é da pesada
Só há dois lados escolha o seu
Não nego meu fado pagão e profano
O dever de um mais velho é prestar testemunho
Como em 64 até os promotores do golpe irão se arrepender
As gerações não tem melhores tem pares
Ainda que não se reconheçam entre si
O cinema brasileiro conta a história do Brasil mas o que o pessoal mais vê é filme estrangeiro e sai ignorante
O que chamamos de revolução é caminhante
Arrasta a corja toda
Nenhuma pergunta sem resposta
Se procura acha
Prender a vanguarda empresarial não ajuda a criar emprego
Como em 64 a cultura não demissionou-se não acovardou-se não desistiu
Não exclua inclua
A revolução não se faz só de vitórias
Há transgressões
Como pode um juiz de província destruir um país
Não se queira parar o mundo o trem passa na estação
Cada cateto sua hipotenusa
Muitas coisas pra se ver mesmo sem querer
Ele não poupa o país
Se não nas municipais as lideranças que se consideram de esquerda no país tem a obrigação de combinar uma ação conjunta e unificada contra o golpe
Não se entrega a economia de um país a um gerente de banco estrangeiro senil
A lava só náo lava a lingua de quem lava
Não há nenhuma instância jurídica que acabe com a farra do neném?
A bela e a fera numa só pessoa ninguém aguenta
Aos jovens se diz faça sua biografia antes de achincalhar a dos outros
Xô encosto
Delação nada prova
E aprisionada menos ainda

Comments are closed.