Dados

Estes multiusos também nos podem servir de tribuna
Há algum tempo propina era a gorjeta
Galardão dourado o Brasil quer ser o único pais do mundo sem corrupção
Teóricamente é chegada a hora da revolução camponesa
Enquanto a burguesia se esculhamba
Tudo pode acontecer sempre
A música de Villa Lobos é socialista porque emprega centenas de pessoas
A arquitetura de Niemeyer é comunista
Em cada país quem deve mandar é o nacional
Acostumados com o cinema do mal não sabem ver o cinema do bem
O cinema do mal é o que não fala de nós
O cinema do bem é o que fala de muitos
As pessoas comuns de todos os dias
Não hesite: é eles ou nós!
A burguesia ainda não entendeu que o fascismo é também contra ela
Ha muitos negócios em cada negócio
E como será a Ancine golpista?
Egoísta é o que não sai da pista
Isto é um monte de pilantras
Meio reles ou relles inteiro
A prestação de contas de um espetáculo é apreciável a olhos vistos
Avalia-se um texto um filme um drama uma música por sua qualidade de produção menos ou mais de mercado e arte
A burocracia quer parar o país pra conferir nota fiscal
Como o ínfimo Supremo
O atormentado atormenta
Desde a 470 juízes usurpam os eleitores
Para o bom andamento da ordem democrática os três poderes legislativo judiciário e executivo uns não podem condenar os outros
Só quem pode condenar é o voto universal
Permitir-se é o caminho da arte
O problema que implantaram no Brasil é uma mangueira pra lavar carro
Menas: lavando a jato vai quebrar o carro
É preciso zerar o país
É preciso refundar o país
Brasil Ano Zero
Abole-se tudo
E reconstrói-se a partir de um cidadão um voto
Por uma constituição nativa simples e direta
O coletivo tem a obrigação de garantir a vida de cada cidadão
Em todo o sentido da palavra
Nenhum passo a menos

Comments are closed.