Pensandos

Bom é andar a êsmo
Né mesmo?
Fôsse bom deus não precisava ter criado
Organiza: por uma frente ampla das esquerdas
Esquece o nhéco nhéco
O mané da esquina quer obstruir o país sai fora mané!
Melhor é a pré-verdade
O problema da ilegitimidade é que ela torna ilegítima qualquer coisa que venha dela
Golpista é pior que ladrão e ainda junta
Por que a Ancine com o dinheiro da atividade brasileira financia a exibição estrangeira e abandona a nossa como o Ponto Cine o Roque e a Jornada de Salvador?
Por que a Ancine pela qual o estado se apropria da poupança da atividade sediou sua base financeira no extremo sul?
Por que não a Caixa ou o Banco do Brasil ou o BNDES?
Devolve o mandato a quem de direito com ilegítimos não há negociação
A pressa é inimiga de quem está são
Faz uma exceção
Há obstáculos mas a democracia brasileira renascerá em 18
Quem puxa o saco engole o caroço
Lamento insistir mas insisto
Não é crível que meia dúzia de burocratas manipulando e estraçalhando os recursos recolhidos na atividade e não nos cofres públicos se atreva a dizer não a quem é um fundador do cinema brasileiro
Quem eles pensam que são?
Quem eles acham que são?
Imagina o que seria a visão do mestre sobre o golpe que fundou a republica
Nêstes tempos de golpes em que mesmo assim a história avança visitá-la é sempre a missão
Como dizer não? Não há critério no mundo que respalde tamanha besteira
Revogue-se e pelo contrário garanta-se todas as condições para o que será o mais importante filme do ano
A questão não é o que alguém ou ninguém acha
O que importa é o voto
Respeita êle
Anula o golpe
Como precisamos de reflexão no audiovisual
Quem mia é gato
Posso até estar de porre mas chego em casa
Vou fumar um proibido e dormir até de manhã
O cara tem o voto cês tem o quê?
Um intelectual orgânico não foge ao debate ainda mais contra a direita
Abramos caminhos na selva das cidades
Profundamente triste como os golpistas destruíram o país
Mas com esperança que em 18 acertamos as contas
Lula lá
A direita nos desafia

Comments are closed.