Xôxos

É preciso viver cada dia o novo dia
Evite o turbilhão
O vendaval
A multidão
Evite a onipotência
Evite a submissão
Foca no foco
Disfarça o resto
Nuvens negras nem sempre desabam
Às vezes desabam
Nem chore perdas
Acontecem
Se tiver calma o que não está bom pode ficar
A pior coisa do mundo é querer agradar aos outros
Seja egoista
Chute com os dois pés
Não preveja derrotas
E não se importe com elas
Os ventos se atraem os bons e os maus
Não pare na pista ou o trem te atropela
Não queira ser outrem
Mira no espelho
A vida é cordial se encrencar ela não te favorece
Não sou cristão sou pagão
Quem sabe os que mais falam são os que menos entendem
Não sei o que tanto comemoram
Não tenho como reter o pensamento
Não retenha
Só acredito na energia cósmica que nos criou e nos sustenta
Se sim sim senão não
Os deuses já são antropomorfizados pra que mais
Querem que seja humano?
Cada um chuta como quer ou pode
Sou não quero não ligo não
Em casa nossa ou vencem os americanos do norte ou vencem os americanos do sul
Ninguém pode impor sua vontade a outrem
O que manda na vida é o acaso
A vida não é um tapa mas se faz aos tapas
Até parece que o barato da política é suicidar-se
Idiota é quem acha que tem que ser rico

Comments are closed.