Sacos

Essa tal que diz que lava é uma deslavada intervenção estrangeira
Seus marionetes togados a dizimar o capitalismo nativo
Para melhor servirem a seus patrões ianques
Fui e sou na vida nada mais que um peão
E tá bom
Bom demais
Que não se provoque a insensatez do regime
Ela é cruel demais
Driblo a palavra
Ela tem muitos sentidos
O bom chuta com os dois pés
E a cabeça
Nem sempre dois são mais que um
A natureza humana é natural
A convivência humana não
O que fizer faça com graça
O jurídico reclama do síndico que validou
Como é que o supremo permite essa deslavada perseguição a quem os botou lá?
A esquerda é progressista a direita é conservadora
Conservadora dos privilégios da elite dominante
Progressista na mudança das condições sociais
Que de repente pode ser de repente
Ou levar décadas
Depois vem a bonança
Se achar que falta aí mesmo é que não vem
Agradeço a quem encontrei
Agradeço a quem me encontrou
Agradeço ter-nos encontrado
Quando o dia raiá vamu relá
Agora é hora da fartura
Vou comer a massa e a moça só não sei em que ordem
Detesto alegria com hora marcada
Não é possível que a soldadesca explorada e mal paga vá atacar a mando dos sicários da elite o povo de que faz parte
Golpe sem povo é golpe
Com o povo é revolução
Candidatem-se todos o mais votado leva
Ninguém faz nada a partir do zero
A não ser algum louco
Sempre há uma militância prévia mais ou menos aplicada
Desde as salas corredores e aos deus dará

Comments are closed.