Pontos

Não é possível o país inteiro aprisionado a um golpe
Anula o golpe ou o país acaba
Ainda se vai entender que o golpe de 16 é da elite contra o povo
Prender?
Sem provas?
Desde sempre os ianques sabotam qualquer liderança autêntica na América Latina
E no mundo
Não é só ele como é que se condena alguém sem provas
Sois deus?
Quem é o acusado?
Todos sabem
É o mais querido há décadas
Por milhões e milhões de brasileiros
Quem são os acusadores?
Ninguém jamais tinha visto
Até serem exibidos e exibirem-se nas telinhas
E quantos são?
4
Querem imputar-lhe bens alheios
Aliás irrisórios
Valiosos talvez para quem não se peja de lesar o povo nos privilégios de seus auxílios-moradia
Auxílio-moradia é propina para condenar sem provas
E até as precedências atropelam enquanto a bruxa gargalha no alto do puteiro
Quem acredita nessa justiça?
Quem confia nessa justiça?
Quem acata essa justiça?
A pequena burguesia quer condenar o operário da nação
É pequena porque nem burguesia é
Não são seus os lucros apropriados ao trabalho
É apenas a vil serviçal dos interesses alheios
E no Brasil serviçal aos invasores imperialistas
Não se acate o ataque golpista ianque
E como em 64 chegou o AI-5
O império contra o povo
Dúzia e meia de togados em processos fraudulentos desde a origem
Impedem a vontade popular em todo o país
O império é a força o povo é o voto
Bota pra votar
Todos se candidatem
E que vença o mais querido

Comments are closed.