Números

Vergonha
Quando alguma coisa acontece penso sempre que podia não ter acontecido
Pra cada ícone da cultura vejo dezenas de militantes
Pra coxinha entender: os governos petistas foram uma espécie de “new deal” brasileiro
Expansão dos meios de produção em busca de seu pleno emprego
Já que foi mencionado no voto da canalha suprema porque não libertam os 40% de aprisionados sem julgamento?
E agora supremo?
Libertas quae sera tamem
Liberta que serás também
O cantor canta sua canção
Sem querer saber se vai chegar ou não
Como a um moleque de 40 anos se permite agredir um velho de 70
Prendem o velho enquanto as dondocas prevaricam
A questão daqui pra frente é como impedir novos golpes paraguaios
E tem os manés que ficam querendo se achar em Mai a mi
Os acusadores merecem ser processados por calúnia e difamação
Não chama que a maldita vem
O golpe é uma facada
A quem demos a defesa são os que nos atacam
Governadores e senadores eleitos são barrados pelos auxílios-moradia togados
“Fakenews” é mole difícil é “fakejudges”
O país está dividido?
Bota pra votar
Candidatem-se todos juízes escroques políticos militantes e ele claro
Douta vênia mesmo que inúteis os velhos no supremo estão dando banho nos mais novos
É uma pena que não tenham brecado o golpe em 16 e que ainda não o anulem
E ficam aí agora no varejo
É pena
E mais pena
Lavar a louça empilhada na pia é mais trabalho
Ministros no supremo denunciam tortura em Curitiba
Tortura é crime hediondo contra a humanidade
A denúncia de tortura no supremo não pode ser escanteada
O afoito ministério público tem que dar andamento à denuncia
Anule-se tudo que resulta de tortura
Lava a Lava
Se o malandro no supremo quer separar o joio do trigo aproveita e abole a tortura
Pensador é quem pensa a dor
Todos os depoentes sob coação deviam revogar seus depoimentos
Acabou a farra quem vai defender a tortura?

Comments are closed.