Raízes

Passado o susto será preciso refundar a república
O imperialismo avacalhou com tudo
E aí vem o carro importado implicar com o nosso povo
Se perdermos as eleições a esquerda será tudo o que seus críticos afirmarem
Se até os astros no céu se alinham por que não as criaturas
De lá vieram os asteroides que chocando-se com a terra produziram a faísca que é a vida
Eleições
Cada um na sua? Torcer pra dar certo
Torcer pra dar certo em meio à vaga imperialista nas Américas e no mundo
Vai-se apostar no segundo turno?
Da última vêz quase deu ruim
A melhor forma de homenagear os mortos é cuidar dos vivos
Sem Lula quem perde é o país
Os jovens são afoitos
Os velhos nem tanto
Corre corre num adianta o véio na cadeia é que sabe
Na minha idade vivo bebo e chapado
Como assim condenado sem provas só porque o falsário quis?
A B C ou D o plano é L
Quem perder o bonde vai sentar no trilho
Quem for contra o golpe devia aderir
E arrombar a festa
Pouco importa o 2o. é Lula no 1o.
Os avanços foram muitos os retrocessos também
O equilíbrio não é bom
No inverno hiberno no verão desperto no outono caio na primavera afloro
A tropa policial é classe baixa que no entanto serve de guarda à burguesia
A burguesia é hostil a tudo que não seja ela
E um acerto de contas nas urnas será inevitável
Quem se acha de esquerda apóia a frente de esquerda
Ah os radicais!
Ah os judiciais!
Ah os oficiais!
Ah os policiais!
Ah os negociais!
Ah os eteceteretais!
Sei dizer coisas
Não sei se as que se quer ouvir
Mesmo assim posso dizê-las
A alguém

Comments are closed.