Vácuos

Vai-se a farsa acaba a farra
Como é de seu costume a Lobo fabrica golpes
O estado é uma organização da sociedade para o bem estar comum a todos
O pior nem é só o fascismo é o burrismo
O passado a deus pertence
Mal dou conta do presente
Não há o que enfrentar
Senão as agruras do destino
Só a paz muda
Quando não é muda
Quando é ativa
Só os movimentos pela paz podem salvar a humanidade
Tem gente pra todo gosto e pra todo desgosto
Todos trinam mas alguns latrinam
Ruim é quando os capitalistas sabotam a democracia
Quando aliciam as juventudes
Quando subornam as midiáticas
Quando especulam nas bolsas
Onde o vil metal idolatra-se
Devagar nas estradas cheias de curvas previne acidentes
Não é recomendável acelerar
Gasta mais energia
Aumenta o consumo
Esquenta a máquina
Desgasta a engrenagem
Polui o ambiente
Fomenta a fome
Alastra a crise
Explora o trabalhador e a trabalhadora
Insufla a violência
É bom se precaver
Porque depois de eleito
Não dá pra desmanchar
Vota certo e confiante de que fazes o melhor que podes
Se o país eleger os pilantras o que se há de fazer
Quanto custou e custa que o voto é soberano
Todos os que são candidatos tem a obrigação de defender o voto
As mesmas águas não passam nas mesmas pontes
Já os mesmos rios desaguam nos mesmos mares
Às urnas cidadãos!

Comments are closed.