Centavos

O país sofreu o sequestro do estado pelo imperialismo
Convivi com centenas de jovens como estudante e como professor não me lembro de nenhum bandido
Alguns são pra mim um mistério de como se tornaram
Apareceu fantoche de tudo que é estrebaria
E o senado hem?! e o filho do “presidente” hem?!
E venceu o candidato do voto aberto pelo filho do “presidente” no inicio da segunda votação
Já que a primeira foi fraudada por qual senador?
Cada pessoa é fruto do seu lugar e de sua hora
De onde veio essa chusma de anônimos no país
Engordando os baixos cleros
O mal do país é o personalismo
Se és azul sou rosa se és rosa sou azul
Quem lava dinheiro a jato é o doleiro
A mando do sinistro rábula
E quem leva é o mala
Antes de meio mandato é direta de novo
Os tamanhos se perdem
Repito o que aprendi
Só pode ser piada diz que tem um seriado aí em que os mortos andam
Nem precisa Nobel #LulaLivre!
Prefiro a ONU e o Supremo
Não há porque isentá-los de suas obrigações
A década a cadência a decadência
Considerando que a vaca foi pro brejo melhor é irmos todos também
Seja por que for o país desinteressou-se de sua representação política
E aí surgiu essa legião de idiotas a assaltar o poder
Sobreviverá o país da bravata?
Um humanista não pode aceitar que ninguém se mantenha pela força
A única alternativa é #LulaLivre! O resto é golpe
A direita precisa entender que precisa negociar a libertação
O supremo precisa reunir e anular os processos e as condenações
A questão nem é se antes era melhor
A questão é que agora é muito pior
O que acontece quando se perde a conta
Infringindo os limites da decência
No respeito ao próximo
Aonde essa bagaça de país vai dar
Sabemos que a história não é a dos países mas a dos povos
O que acontece quando se autoriza a violência?
A morte

Comments are closed.