Manobras

Não adianta brincar de poder quem manda é a CIA
A ditadura torturou e matou além dos civis mais militares que a guerrilha
A ordem do impostor quanto a 64 é mera provocação para acirrar atritos entre os civis e os atuais militares que não têm porque endossar crimes como a exaltação da violência e tortura que não praticaram
Enaltecer oficialmente a tortura é crime de responsabilidade cassa a chapa
Por que o poder militar ambiciona o poder civil?
Adestrados a mandar e a ser mandados querem mandar na população inteira
(Não) Esqueça o passado pense no futuro mas viva o presente
Um confronto entre militares e civis é estratégia da direita
Querem forçar um AI-5
Acho o máximo zerar tudo na virada do mês
A ascensão do fascismo e a tomada do poder no Brasil
É assim como quem não quer nada
Deixa as idéias rodar
Deixa as palavras rodar
Deixa o mundo rodar
O problema do crítico é que quando ele chega a obra já está pronta
O país há séculos escravo da mineração de exportação acaba com isso extingue a atividade
Se a garotada do século vindouro achar legal fuçar o chão retoma
Mané é mané
Ao aceitar o golpe de 16 ao aceitar a fraude na eleição do boneco em 18 o país mergulhou no abismo
Pra que tanta lei que só serve pra quem usa
Conjo veste azul conja veste rosa
É a tchutchurma
O mané de Xi Cago! indispôs-se com o jargão da perifa
E o que fazer com o temerário?
Por que o alto comando obstrui a justiça?
Tchutchuca é elogio e tigrão não é ofensa
O roxo confiscou a poupança o tchuco quer a previdência
E o renegado renega a presidência que conspirou para ganhar
E diz que só quer é imitar
Na tchucalândia os monocráticos derrubam os democráticos
E os militares se dividem em patentes e comandos de exércitos de divisões de brigadas de companhias de regimentos de batalhões de patrulhas e de praças
Quero crer que essa bagaça se desfaça
Mas tá difícil ela desdobra-se como as folhas da cebola
E nem dá pra temperar
Melhor seria picar
Mas eu não pico com a tua

Comments are closed.