Agravos

O sono é quando o corpo avisa que precisa descansar
Engraçado os caras fraudam abertamente as eleições e acham que foram eleitos
Os demais concorrentes deviam abrir mão e cerrar fileiras pela indicação da maior expressão do nosso cinema Humberto Mauro
E nem importa se ganha mas que nos represente
Nos isteites droga é sucesso comercial aqui é massacre licença para matar
Espero que o destino não nos apronte uma falseta
Nem ouso pensar nisso
Prazos atropelados para a condenação
Prazos retardados para a libertação
Se o mundo quer nos ajudar a primeira providência é resgatar o velho anulem-se os golpes
A gente disfarça mas desde o golpe de 16 isto aqui é uma ditadura
A ONU precisa intervir para promover a libertação dos presos que já nem são mais presos políticos e sim prisioneiros de guerra na guerra suja do imperialismo contra o mundo
A esta altura é preciso criar uma força de paz para no mínimo negociar a troca de prisioneiros
A arte é das coisas mais democráticas que há
Todo mundo pode fazer
E ninguém é obrigado a ver
O podia ter sido é um tempo de verbo impossível
Quem pensou que a guerra fria acabou olha ela aí de novo como sempre
O pior é que o cliente acredita na propaganda que ele mesmo paga
Depois do primeira instância a praga se alastra
O governo não é o Brasil
O Supremo exige o devido processo legal? #LulaLivre!
E não é só ele
Reeleições são imorais
A Amazônia é de quem nela nasceu os amazônidas
Lava a Lava
Côr não é raça
Raça não existe
O conceito de raça é racista
Todos somos sapiens sapiens
Coisa mais ridícula paletó e gravata em todo o mundo
E as fardas militares igualmente retardadas
Explode cabaré!
Anula tudo nem processo tem ficou comprovada a inocência
Reviraram tudo fraudaram tudo e acharam nada
Amarrou-se à quilha do barco e segue infenso à tempestade até chegar a calmaria
Quem com fia fere com fia será fiado
A Ancine devia era ter a diretoria eleita pela classe
Cumé que tem gringo na Agência Nacional de Cinema nacional da onde?
Nem sempre eu acerto

Comments are closed.