Andrajos

O entranhado fascismo no país requer atenção
Dispois nóis discute a palavra agora é cuidar dos fatos
Não é só o usurpador e seus fâmulos isto é uma praga
O juiz de instrução acaba com a fraude do domínio do fato
Pra pensar a humanidade é preciso um tanto de humildade
O pensamento é contrário à violência
Enquanto os fâmulos barbarizam o impostor reina
Qualquer violência é intolerável
São um problema os nichos da pequena burguesia
Não vou gastar minha contabilidade contra mim
Se eu estiver devendo me cobre
Água demais ou água de menos
É mal que faz
Mesmo se legítimo um presidente não tem o direito de fazer o que quiser
Ilegítimo então …
Por que o mundo tem que se curvar à sanha assassina do imperialismo?
Sofremos com as algas imagina com o agrotóxico
Se envenenássemos somente a exportação talvez fosse uma boa
As eleições municipais podem reverter ou agravar o estado da desgraça no país
Capricha nelas
As alianças que antes se criaram eram antifascistas
Mas agora!
Em todo o mundo há sublevação dos povos contra o estado
Em alguns surge a negociação política
Em outros não
É guerra
A guerra dos povos contra o estado é um massacre
Massacrados os povos refluem a seu recuo máximo
Até novamente voltarem em novo ciclo da vida
A tirania do estado é terrível
Eleita já é usurpada então é pior
O estado não pode usar suas armas efetivas ou simbólicas contra a população
Se o fizer é tirano
Assim reza o pacto social
Tens a força mas não podes usá-la contra nós
Por missão ou omissão o estado constrange a população
Que por apatia ou resguardo resguarda-se
No que faz muito bem
Ninguém merece ser bucha de canhão
Pela paz contra a guerra

Comments are closed.