Ação Cultura Digital

A Ação Cultura Digital surge dentro do Programa Cultura Viva para facilitar a apropriação de ferramentas multimídia em software livre pelos Pontos de Cultura para documentação de manifestações culturais locais, produção de sua própria mídia e construção da autonomia por meio da conexão entre o local e o global.A Ação Cultura Digital, desenvolve um papel estratégico, que é de fomentar a produção colaborativa entre os Pontos, com o objetivo de formação de redes. Além de inserir, muitas vezes, uma nova forma de linguagem e apropriação de sentidos. A experimentação social dessas novas redes têm estimulado, por sua vez, outras ações efetivas de apropriação, autonomia, auto-gestão e protagonismo. E é esse processo que queremos compartilhar neste blog.

A atual equipe, com 21 bolsistas de pesquisa, sendo 16 Articuladores Regionais, 04 Articuladores Nacionais e 02 Coordenadores, trabalha com o objetivo de avaliar as formas de articulação dos Pontos de Cultura e Unidades Casa Brasil, seus envolvimentos com a Ação Cultura Digital e de que forma estes utilizam as tecnologias da informação e Comunicação.

Para tanto, a divisão das equipes de articuladores tem um caráter orgânico dentro da pesquisa. Enquanto os Articuladores Regionais fazem o trabalho diretamente com as instituições regionais (Representações Regionais, Secretarias de Estado, Pontos e Pontões de Cultura, Casas Brasil e outras entidades), gerando dados e compilando essas informações regionalmente por meio do roteiro de pesquisa , a equipe de Articuladores Nacionais faz a sistematização desse trabalho, orientando as equipes regionais, além de fazer uma interface entre as Coordenação do Projeto e as articulações locais.

Para que as equipes pudessem, ao máximo, cobrir todo o território nacional, durante o Primeiro Encontro de Bolsistas, ocorrido em Brasília entre 10 e 13 de março, realizou-se um georeferenciamento da Ação Cultura Digital indicando sua atuação em diversas regionais. Deve-se ressaltar que, com um contingente de 16 articuladores regionais para 27 estados do país, alguns estados não serão cobertos.

A região sul, conta com Paulo Sérgio Barbosa, conhecido como “PC“, situado em Porto Alegre/RS e Thiago Skárnio em Florianópolis. Os dois articuladores trabalharão conjuntamente em toda a região e atuam nos movimentos sociais e culturais como a democratização da comunicação, rádios comunitárias e o movimento quilombola.

Os Posts Relacionaos à Cultura Digital podem ser lidos nesta categoria

Os comentarios estao fechados