Prêmio Tuxáua (Projeto Ekeko)

O Prêmio Tuxáua

A Secretaria de Cidadania Cultural do Ministério da Cultura (SCC/MinC) divulgou no dia 24 de dezembro de 2009, o resultado do Prêmio Tuxaua Cultura Viva 2009. As relações dos projetos premiados e dos classificados no edital de seleção foram publicadas no Diário Oficial da União (Seção 1, páginas 88 e 89).

O termo “Tuxaua” remete, para algumas etnias indígenas, à figura do articulador e mobilizador. Entende-se por mobilização e articulação as ações que reúnam representantes de diversos Pontos de Cultura, redes sociais e iniciativas de atividades que promovam o fortalecimento de laços e somem esforços na construção de objetivos comuns. São redes o conjunto ou segmento de ações sociais, culturais e artísticas que se reconheçam como afins e colaborem entre si.

Ekeko – Produzindo links e animando redes

Conhecido como um andarilho que é visto por anos incontáveis percorrendo os Andes portando todos os seus pertences e mantimentos, o Ekeko é uma divindade celebrada por toda a América Latina por significar a prosperidade e fartura.
A escolha deste mito para o título e conceito do projeto se deve a mais dois significados inspiradores em torno dele: A autonomia e a Liberdade que as novas tecnologias e as ações do programa Cultura Viva proporcionam aos produtores culturais.

Estatueta do Ekeko

Estatueta do Ekeko

É de acordo com estas premissas que o Projeto Ekeko (executado por Thiago Skárnio) deve atuar: Circulando tanto pela região sul como por outras partes do Brasil munido de computadores e câmeras para articular, divulgar, registrar e publicar em lifestreaming as ações dos Pontos de Cultura, Mestre Griôs, comunidades indígenas e quilombolas.

As reuniões com os responsáveis da área cultural nos governos estaduais e municipais também vão se converter em entrevistas sobre os planos e visão dos gestores sobre temas como a Cultura Digital e as comunidades tradicionais.

Motivação

Muitos Pontos de Cultura e agentes sócio-culturais estão produzindo diariamente uma grande quantidade de conteúdo simbólico e informativo de alta relevância, mas de forma isolada e fragmentada. Esta produção de conteúdo deve ser otimizada e integrada nas redes existentes.

Os pontos de cultura e produtores culturais devem ser orientados a usar os repositórios livres e as redes já existentes pelo brasil.
A outra demanda que o projeto pretende tratar é a integração das comunidades indígenas na região sul do Brasil ao programa Cultura Viva, em especial à Ação cultura Digital.

Articulação

O Projeto Ekeko pretende trabalhar em três setores: As entidades de cultura e comunicação de importância estratégica da sociedade civil organizada, as fundações e Secretarias de Cultura Estaduais e Municipais e as Comunidades Indígenas da região sul.

Entre as entidades organizadas da sociedade civil estão o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação – FNDC, a Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária – ABRAÇO, as associações proponentes dos Pontos de Cultura e Prêmio Mídia Livre, a ABCCOM – Associação Brasileira de Canais Comunitários, o Conselho Nacional de Cineclubes – CNC, a ABD Nacional (Associação Brasileira de Documentaristas)  e os Pontões Soy Loco Por Ti, Pontão da UFSC, FOCU, Ponto por Ponto, Iteia, Junta Dados e o pontão da Abraço.

O Projeto Ekeko atua em parceria com o Pontão Ganesha (da Associação Cultural Alquimídia), que está fornencendo parte da estrutura física e tecnológica para o seu desenvolvimento.

Cronograma – 2010

Todo o cronograma de atividades do Projeto Ekeko será desenvolvido com a consulta da SCC – Secretaria de Cidadania Cultural, se submetendo a todas as sugestões de alterações de datas de visitas e ações visando otimizar as atividades do Ministério da cultura com o Projeto.

Os seguintes eventos estão previstos para articulação e cobertura do Projeto Ekeko:
●  Fórum Social Mundial (POA/RS)
●  Campus Party (SP/SP)
●  Festival Internacional Software Livre (POA/RS)
●  TEIA Nacional
●  Conferência Nacional de Cultura (BRASÍLIA/DF)

Como descrito anteriormente, o Projeto Ekeko pretende documentar e publicar todas as suas ações em desenhos, fotos, vídeos e textos na plataforma Culturadigital.BR.

Os Posts Relacionaos ao Projeto Ekeko podem ser lidos nesta categoria


  1. Foto de perfil de williammoraescorra

    Usuário: williammoraescorra

    Login: http://culturadigital

    Que projeto maravilhso! Excelentes propostas! Oriente-nos para melhor integrar essa rede fantástica, compartilhar experiências e melhor realizar ações em prol dos nossos pontos de cultura e de leitura. Queremos nos integrar ao Brasil e ao mundo, em PLENAS FOLIAS DE ETERNOS FOLIÕES!

  2. Salve Thiago!

    Parabéns pelo trabalho, carinho.
    Estou tentando seguir tuas orientações. Já criei a conta na plataforma e o blog.
    Se ficar difícil vou te procurar. Pode ser?

    Abraços, axé e paz!

  3. Compay Skárnio

    Gostaria de propor um re-flexão sobre o futuro das redes de software livres na região sul diante das recentes mudanças de governos estaduais. A pre-ocupação nos surge diante da possibilidade de gerarmos uma mobilização política junto às Assembléias Legislativas que estão surgindo. Quiça um seminário sul sobre Conhecimentos e Tecnologias Livres que reverbere no norte e ecoe novamente em todas as regiões onde a criação livre como ato de resistência se fizer necessária. Axé, Ekeko. E la nave avÔa.

  4. @Gilberto Manea
    Este é o caminho. Este tipo de encontro é mais do que necessário. Por onde começamos? Poderíamos gerar um encontro dentro do FISL 2011 ou de forma independente ates. O que acha? Também tem o Campus Party…

  1. janeiro 13th, 2010
*

Please leave these two fields as-is:

Protected by Invisible Defender. Showed 403 to 18 bad guys.